Archive for the ‘Dicas de vídeos e filmes’ Category

Dica de filme: Lixo Extraordinário

Friday, July 20th, 2012

Em tempos de fechamento do Aterro de Jardim Gramacho, vale a pena rever este filme: Lixo Extraordinário.

O Aterro de Gramacho fica em Duque de Caxias e durante décadas recebeu todo o lixo da cidade do Rio de Janeiro e de outras do entorno.

Está localizado em cima de uma região de manguezal à beira da Baia de Guanabara.

Agora fechou e os catadores, organizados, procuram outras oções de ganahar a vida.

Fica o registro da junção de arte e nossos resíduos, coisa que eu venho fazendo durante toda minha vida.

Abraços,

Declev Reynier Dib-Ferreira
Artista e lixólogo

http://www.youtube.com/watch?v=udpDCiLrg4k

 

Quer ler sobre educação?
Conheça o Diário do Professor!

Midwayfilm. Impressionante.

Wednesday, May 30th, 2012

Filme impressionante.

Ele mostra uma ilha que se situa em pleno Oceano Pacífico, a 2.000km da costa mais próxima.

Nesta ilha, sem presença humana, não há senão aves.

Eu poderia escrever muito sobre isso, mas não vou.

Vejam.

http://www.midwayfilm.com/

Abraços,

Declev Reynier Dib-Ferreira
Chocado

Dica de filme: Surplus

Tuesday, May 8th, 2012

Dica de filme: Surplus.

Acho que começa a hora – ou já passamos dela – de rever nossas concepções de consumo. De rever as concepções de cidadania, de crescimento, de desenvolvimento, mesmo que “sustentável”.

Uma sociedade que fica em polvorosa quando o consumo de carros cai e depois não tem onde mais colocar estes mesmos carros nas ruas engarrafadas das cidades, está doente.

Uma sociedade que é capaz de jogar no lixo sua produção excedente de comida para que o preço desta se eleve no mercado, está doente.

Uma sociedade que trata este tal de “mercado” como uma pessoa acima do em ou do mal, como seu próprio Deus (“o Mercado acordou nervoso hoje”), está doente.

Fica-se preocupado com empregos e com ganhos cada vez maiores. Em compensação, gastamos cada vez mais com produtos que duram cada vez menos.

Ora, se os produtos durassem por décadas, precisaríamos cada vez de mais renda para comprar outros novos?

Há um tempo, durante a crise, o presidente Lula deu como antídoto: “comprem”!

Este é o terror hoje em dia: o consumo cair.

Tem algo errado e devemos pensar sobre isso.

Tem que haver outras formas de circular as riquezas. As riquezas, aliás, não podem ser só em forma de mercadorias.

É dever nosso pensar sobre isso e fazer os outros pensarem sobre isso.

Não há solução pronta, mas muitas se nos apresentam:

    • Comprar menos;
    • Comprar produtos que durem mais;
    • Reelaborar nossas prioridades e necessidades;
    • Diminuir a publicidade;
    • Produzir leis que forcem a menor produção (como uma que obrigue a garantia ser maior do que a vergonhosa um ano ou três meses!).

Não sei se há uma “revolução” possível, mas acho que é chegada a hora de, politicamente, iniciar uma mudança. É chegada a hora de, por exemplo, termos uma classe política verdadeiramente interessada nesta questão.

Pode-se não concordar com tudo o que este filme apresenta, mas é um bom ponto de partida para discutirmos o assunto.

Abraços,

Declev Reynier Dib-Ferreira
Consumidor…

Dica de Filme: Obsolescência Programada – comprar, descartar, comprar

Wednesday, April 11th, 2012

Nestes tempos em que o “ter” é mais importante que qualquer outra coisa, é fundamental trabalhar, na educação ambiental, a questão do consumo.

Não se pode tentar mudar algo no mundo, seja em relação às questões ambientais, seja em relação às questões sociais, sem passar pelo consumo.

Problema do lixo? Consumo.

Problema da água? Consumo.

Desmatamento? Consumo.

Pobreza e cidadania? Consumo.

O documentário “Obsolescência programada – comprar, descartar, comprar” faz uma viagem através da história de uma prática empresarial que consiste na redução deliberada da vida útil de um produto para incrementar o seu consumo.

Ora, uma geladeira ou outros eletro-eletrônicos antigamente duravam uns 40 anos ou mais… por que será que, em geral, os aparelhos de hoje duram bem menos, se a tecnologia está muito mais avançada?

Assista o filme, pense sobre ele, tire suas conclusões e divulgue-o, se achar pertinente.

Abraços,

Declev Reynier Dib-Ferreira
Consumidor

http://www.youtube.com/watch?v=YCuoS251ius

 

 

Plantas medicinais: Dráuzio Varella X Globo Repórter

Friday, February 24th, 2012

Certa vez escrevi aqui sobre minha decepção com dráuzio varella depois da série que ele fez para o fantástico, na globo, detonando o uso das plantas medicinais.

Veja em Um dia fui fã do Dráuzio Varella… não mais.

Hoje vejo, na próprio globo, um Globo Repórter exclusivo a falar bem… dos poderes medicinais das plantas!

Fazendo uma pequena pesquisa procurando o link do programa, descobri um monte de programas sobre o assunto:

Programa desta sexta (24) vai mostrar os benefícios da erva mate, do pau-brasil, da orelha de onça e de outras plantas medicinais (O de hoje, 24/02/12)

Medicina indiana utiliza mais de 500 ervas (27/02/09)

Plantas medicinais ajudam a emagrecer e a curar a depressão (20/05/10)

Remédios que brotam da terra

Ôôôôôpa!!!

Quem tá errado?

Quem tá certo?

Mais ou menos?

Ou não é nada disso que eu estou pensando?

Abraços,

Declev Reynier Dib-Ferreira
A favor do Globo Repórter

Quer ajudar o meio ambiente? Pare de comer carne!

Tuesday, September 20th, 2011

Nossas ações fazem diferença, ninguém tem dúvida.

Todo mundo, hoje em dia, se diz envolvido em ao menos uma “ação” em defesa do meio ambiente. Não há quem diga, impunemente, que não está nem aí.

Mas as ações das pessoas, em geral, vão até o limite de seu conforto. Se não atrapalhar sua vida, tudo bem; se não trouxer gastos, tudo bem; se não incidir em grandes sacrifícios, tudo bem.

Mas tem que gastar? Tem que deixar de fazer algo que amo? Tem que ter sacrifício?

“Tô fora”; “Já tem muita gente fazendo”; “É muito difícil”; “Isso é balela, não tem nada a ver”.

É neste rol que incluo o fato de as pessoas comerem carne e nem cogitarem deixar de fazê-lo.

É a favor dos animais, ama os cachorrinhos, chora pelos gatinhos, não pode ver alguém maltratando um bichinho… mas carne é uma delícia!

Sei que é difícil.

Mas algumas reflexões devem ser feitas, especialmente por aqueles que se dizem comprometidos com o meio ambiente e que “adoram” os animais (vivos).

Eu deixei de comer carne há uns 6 anos – com períodos dentro destes em que sucumbi, especialmente viajando, em que a alimentação diferenciada fica mais difícil – mas posso considerar que, dentro deste período, coloquei pra dentro do meu corpo 99,5% menos carne do que colocava anteriormente.

Por que deixei de comer carne?

Porque não concordo com o fato de os animais serem criados para nos alimentar, especialmente como são.

Veja, por exemplo, o documentário A Carne é Fraca, produzido pelo Instituto Nina Rosa (INR), e se assuste.

Aqui coloco apenas o trailer, no link acima pode-se comprar na loja do INR:

E veja também o filme chamado Earthlings (Terráqueos).

Como eu não consegui incorporar, apenas coloquei o link acima. Está com legenda em português.

Ele tem imagens muito fortes, tome cuidado.

Outra coisa: pra quem não sabe, os bois são castrados pra criação com destino aos abatedouros.

E você acha que tem anestesia ou carinho nos bagos deles pra não sentir dor?

Veja este vídeo (cenas também muito fortes):

Por fim, cito alguns números que saíram n’O Globo do dia 3 de setembro de 2011, p.13:

A pecuária é a atividade que mais ocupa áreas desmatadas na Amazônia. O pasto responde por 62% dos 719,2 mil quilômetros quadrados desflorestados na região até 2008. (…) O desmatamento na Amazônia não está associado à agricultura (que responde por 5% do total de floresta derrubada.

A pecuária é uma atividade que só se mostra viável em grandes propriedades, já que exige um investimento significativo na manutenção da pastagem. (…) Apesar da ampla área de pastagem, a concentração de gado é baixa. (…) Em áreas do tamanho de um campo de futebol, há apenas um boi pastando.

Resumindo:

Se você gosta dos animais e se você quer colaborar com o meio ambiente, deixe de comer carne.

Abraços,

Declev Reynier Dib-Ferreira
Não como carne.

Plataforma Transgênico Fora!, por uma agricultura sustentável

Sunday, August 28th, 2011

Venho dar uma dica maravilhosa para quem quer se inteirar do assunto transgênicos e também para quem trabalha com este assunto na educação ambiental.

É o site Transgénico Fora! Plataforma por uma agricultura sustentável [site Português].

Segundo suas próprias palavras:

A Plataforma Transgénicos Fora defende uma agricultura sustentável orientada para a protecção da biodiversidade e do direito dos povos à soberania sobre o seu património genético comum. Para saber mais sobre a Plataforma Transgénicos Fora e suas intervenções consulte o nosso dossier de actividades.

A Plataforma Transgénicos Fora é composta por pessoas que, em nome individual ou enquanto representantes de associações e outras entidades, oferecem o seu tempo como voluntários para uma luta que é de todos.

Uma das sessões do site e o Centro Documental com diversos temas e cada tema com diversos documentos.

O mais fantástico é que o site tem mais de 100 filmes de todos os tipos sobre as temáticas agricultura e transgênicos.

Os filmes podem ser assistidos na própria plataforma.

Vale a pena a divulgação.

Abraços,

Declev Reynier Dib-Ferreira
Cuidando da alimentação

Vídeos sobre lixo e reciclagem

Thursday, August 25th, 2011

Hoje em dia, basta uma pequena pesquisa na internet, utilizando o google, para nos depararmos com milhares de resultados do que procuramos.

Viva o youtube, que popularizou a troca de vídeos de diversos formatos, temas, tamanhos.

Vejam estes abaixo sobre a questão do lixo, disponibilizados neste portal de vídeos.

São bons para a educação ambiental, entremeando com textos importantes.

Alguns textos bons para aquecer debates:

Os vídeos:

A História das coisas:

http://www.youtube.com/watch?v=lgmTfPzLl4E

Lixo gerando energia (CEMIG):

Ilha das Flores:

Globo Repórter (Reciclagem no Brasil):

Abraços,

Declev Reynier Dib-Ferreira
Lixófilo

Não compre água engarrafada!

Tuesday, July 12th, 2011

Lembro que há muito tempo atrás quando íamos a um restaurante havia, invariavelmente, uma jarra com água nos esperando na mesa.

Algo mudou…

Eu não compro água engarrafada há muitos e muitos anos, a não ser em casos de absoluta necessidade.

Me recuso a comprar algo que é de graça e que vem acabando com as nascentes, além de outros problemas, e enriquecendo meia dúzia de pessoas e corporações.

Em casa, bebo água da torneira filtrada.

Em alguns lugares, tenho comigo uma garrafinha com o líquido precioso.

Nos EUA, nas três vezes que tive a oportunidade de visitar, sempre bebi água diretamente da torneira, em todos os lugares em que estive. Idem em diversos países europeus.

Estou vivo.

Aproveitando a ótima série de vídeos da Annie Leonard, Histórias das…, indico este abaixo, em que ela descreve os problemas e soluções desta cadeia milionária das águas engarrafadas.

Aqui, as informações básicas da produção:

Título original: The Story of Bottled Water
Título traduzido: A História da Água Engarrafada
Ano: 2010
Legenda: Português
Duração: 8:04mins
Escrito por: Annie Leonard, Jonah Sachs, Louis Fox
Produzido por: Free Range Studios
Dirigido por: Louis Fox
Traduzido por: Guilherme Machado, Michèle Sato e Patrícia Fish

 

 

Abraços,

Declev Reynier Dib-Ferreira
Bebendo água de torneira

Livros e vídeos grátis sobre Saneamento Básico: água, esgoto, resíduos sólidos (lixo)

Thursday, June 30th, 2011

Uma dica:

O site do PROSAB – Programa de Pesquisa em Saneamento Básico disponibiliza algumas publicações em livros e vídeos para baixar gratuitamente.

São publicações sobre água, lixo, esgoto, entre outros.

Pra quem não sabe,

O Programa de Pesquisas em Saneamento Básico – PROSAB – tem por objetivo apoiar o desenvolvimento de pesquisas e o aperfeiçoamento de tecnologias nas áreas de águas de abastecimento, águas residuárias e resíduos sólidos que sejam de fácil aplicabilidade, baixo custo de implantação, operação e manutenção e que resultem na melhoria das condições de vida da população brasileira, especialmente as menos favorecidas.

Baixe os vídeos e livros grátis aqui neste link.

Abraços,

Declev Reynier Dib-Ferreira

Dica de filme: The Meatrix

Tuesday, March 15th, 2011

The Meatrix é uma paródia do The Matrix, que aborda questões em relação à criação de animais para abate e agricultura sustentável. Fala, em geral, sobre a nossa alimentação.

O filme, na verdade, virou uma série, com outros filmes, e tem uma página sobre eles.

A página está em inglês, mas tem o google tradutor à esquerda. Não fica bom, mas pra quem não lê inglês… THE MEATRIX

No youtube, viva o youtube, tem ele em português e legendado.

Divirtam-se e façam bom uso:

Abraços,

Declev Reynier Dib-Ferreira

Dilma Rousseff diz que o meio ambiente é um problema para o planeta

Wednesday, December 16th, 2009

Pois é… atos falhos não são à toa.

“Costume de casa vai à rua”, já dizia minha vó desde que eu era criança.

Quando o vento levanta a saia é que vemos o que tem por baixo…

Vale a pena ver. Curto e grosso. Como a dona da fala.

VEJA A DILMA FALANDO SUA VERDADE